mais menos | | Mais
Plenário do Clero apontou linhas de reflexão e ação para 2017/2018

Família e reorganização da Pastoral diocesana são temas centrais

AFPS | 07/10/2017 03:10
Realizou-se, na passada terça-feira, dia 03 de outubro, a reunião plenária do clero que iniciou o ano pastoral 20172018. Na ocasião, o Bispo de Setúbal, D. José Ornelas apontou os temas que vão conduzir a Diocese ao longo deste ano. Continuando a Família como tema central, apontam-se já caminhos para uma reorganização da estrutura pastoral diocesana, com especial atenção à Juventude que se prepara para o Sínodo dos Bispos.

O encontro do Clero da Diocese de Setúbal no início deste ano pastoral foi marcado pela memória de D. Manuel Martins, primeiro bispo diocesano: “O fundamento da sua vida e do seu agir era teologal, e não apenas somente sociológico ou apenas político. Cristo é o fundamento, a pedra fundamental e não podemos colocar outro. D. Manuel Martins não deixará de nos inspirar no serviço a esta Igreja de que ele foi o primeiro Bispo”, assinalou D. José Ornelas.

 “Famílias em Igreja” é o tema pastoral do biénio da Diocese de Setúbal, e que se conclui este ano. Neste âmbito, D. José Ornelas referiu a intenção de criar grupos de apoio a casais, de disponibilizar subsídios para a espiritualidade familiar, bem como a necessária reflexão e formação nas paróquias e nas vigararias, mas também do Clero, para esta temática.

Por outro lado, com a nomeação de um Vigário Espiscopal para a Pastoral no final do ano pastoral passado, o Bispo diocesano pretende, ao longo deste ano, avançar com a reorganização e coordenação dos diferentes secretariados e movimentos, com especial atenção à Pastoral da Juventude em preparação para o Sínodo dos Bispos de outubro de 2018.

Formação, Diaconado Permanente e Pastoral Social são temas para reflexão

D. José Ornelas, na intervenção inicial, destacou ainda a preocupação em repensar a formação e aprofundamento da fé dos leigos, ao mesmo tempo que propôs a criação de um poderá vir a ter funções teológicas, culturais, patrimoniais e artísticas, ao qual deu o nome “Centro Dom Manuel Martins”. Uma entidade destinada à formação interna, mas também ao diálogo com o mundo, através da cultura.

O Prelado anunciou ainda a constituição de um grupo de reflexão para duas outras áreas da vida diocesana: o Diaconado Permanente e a Pastoral Social.

Peregrinação a Fátima em destaque

Após a intervenção de D. José Ornelas, o Vigário Pastoral, Pe. Luís Ferreira, apresentou o calendário diocesano para o presente ano pastoral e forneceu algumas orientações para a Peregrinação Diocesana a Fátima, que se realiza no próximo dia 28 de outubro.

De seguida, os diretores diocesanos da Pastoral Família e da Pastoral da Juventude, Pe. Marco Luís e Pe. João Dias, respetivamente, deixaram algumas orientações para a reflexão e ação pastoral dos respetivos secretariados.

Nesta sessão plenária do clero de início do ano, houve ainda espaço para a apresentação de linhas de ação de duas áreas de suporte à ação pastoral: o Gabinete de Comunicação e o Economato da Diocese.

Anabela Sousa

Comentários