mais menos | | Mais
D. José Ornelas lembra presença amiga e dedicação pastoral de D. António Francisco

"Uma notícia muito triste para o Porto, para a Igreja e para o país"

AFPS | 11/09/2017 03:09
Acabo de receber, com profunda dor e surpresa, a muito triste notícia da morte do amigo e Bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos.

Quem conheceu o D. António sabe bem avaliar a perda que a sua inesperada partida significa no panorama da Diocese do Porto, da Igreja e do país. A sua presença amiga e sensível, a sua visão clara e iluminada, a sua dedicação pastoral inspirada pelo Evangelho, permanecem na nossa memória e continuarão e inspirar uma postura de dignidade e de coerência humana e cristã.

À Diocese do Porto e à família do D. António, apresento, em nome próprio e da Diocese de Setúbal, os sentidos pêsames por esta inesperada e dolorosa perda, dando igualmente graças a Deus por este seu servo fiel, que testemunhou, de forma clara e coerente, a sua adesão a Cristo e o seu serviço ao povo a quem foi enviado.

Bem-haja, caro D. António, pela herança de homem, de discípulo de Cristo e de pastor que nos deixa. Que o Bom Pastor o receba misericordioso nos seus braços e nos dê a força de imitar e continuar a sua atitude de pessoa de coração simples e amigo, de mente iluminada e de generoso serviço à Igreja e à humanidade.

Setúbal, 11 de setembro de 2017

                                                                                + José Ornelas Carvalho

                                                                                      Bispo de Setúbal

 

Comentários